Betfagé

betfage1

O santuário de Betfagé está situado no lado leste do Monte das Oliveiras, sobre a antiga estrada que conduzia a Betânia. Aqui se comemora o encontro de Jesus com Marta e Maria antes de ressuscitar Lázaro, e a entrada de Jesus em Jerusalém em meio à alegria dos discípulos e da multidão que bradava hosanas.

A memória da entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, foi celebrada bem cedo em Jerusalém, numa forma muito similar a atual: “ O domingo que inicia a semana pasqual [...] todo o povo sobe ao monte das oliveiras [...] e quando chega a undécima hora (isto é, as cinco da tarde), se lê o trecho do Evangelho onde as crianças vão ao encontro do senhor com ramos ou palmas [...] Em seguida o bispo de levanta e com ele todo o povo. Então desde o monte das oliveiras se faz todo o percurso a pé, enquanto o povo precede o bispo, ao canto de hinos e antífonas, conforme o texto bíblico e a tradição cristã: Bendito aquele que vem em nome do Senhor. E todas as crianças do lugar, até mesmo os que não podem ainda caminhar pela idade e são carregados pelos pais, trazem nas mãos os ramos de palma ou de oliveira; no mesmo modo como foi conduzido o Senhor até a cidade, assim também é conduzido o bispo. Do alto do monte se vai até a cidade, e depois, atravessando a cidade, chega-se a Anástasis” (Egéria, fim do séc. IV)
Desde o século IX a procissão se inicia de um lugar ainda mais distante: “Cerca de uma milha (da Assenção), há o lugar onde Cristo se sentou sobre o jumentinho. Lá se encontra uma oliveira da qual todos os anos se corta um ramo, depois de terem pagado o preço, e em procissão andentram a Jerusalém, o dia das Palmas” (Epifanio Monaco). Sobre mesmo lugar há o relato da existência de uma igreja do IV século que conservava a memória do encontro de Jesus e as irmãs de Lázaro, Marta e Maria, na estrada de Betânia.(Egeria).

betfage2

Em 1876 foi encontrada por um camponês, um quadrado de pedra com sinais de pinturas da época cruzada, representando os dois episódios: a ressurreição de Lázaro e o ingresso messiânico de Jesus em Jerusalém. Depois da aquisição do terreno, foi edificado no lugar no ano de 1883 um pequeno santuário que recebeu o nome de Betfagé, restaurado na forma atual em 1954. A procissão comemorativa, suspensa no final do reino cruzado, foi ainda realizada nos séculos XVI-XVII pelos franciscanos, com o padre Custódio da Terra Santa representando o Cristo, sentado sobre o jumentinho.
Desde 1933 a procissão pôde ser realizada novamente com a máxima solenidade, sendo presidida pelo Patriarca latino de Jerusalém.

percorso betfage

De Betfagé a Jerusalém:

1. Santuário e convento franciscano em Betfagé 
2. Mosteiro das Carmelitas do Pater Noster 
3. Edícula da Ascenção do Senhor 
4. Santuário Dominus flevit 
5. Igreja russa ortodoxa dedicada a S. Maria Madalena 
6. Getsêmani 
7. Tumba da Vigem Maria e Gruta da prisão 
8. Lugar do martírio de S. Estêvão 
9. Porta de S. Estêvao - Bab Sitti Mariam 
10. Piscina

Entrada do Messias em Jerusalém
Chegando perto de Betfagé e de Betânia, junto do monte chamado das Oliveiras, Jesus enviou dois dos seus discípulos e disse-lhes: Ide a essa aldeia que está defronte de vós. Entrando nela, achareis um jumentinho atado, em que nunca montou pessoa alguma; desprendei-o e trazei-mo. Se alguém vos perguntar por que o soltais, responder-lhe-eis assim: O Senhor precisa dele. Partiram os dois discípulos e acharam tudo como Jesus tinha dito. Quando desprendiam o jumentinho, perguntaram-lhes seus donos: Por que fazeis isto? Eles responderam: O Senhor precisa dele. E trouxeram a Jesus o jumentinho, sobre o qual deitaram seus mantos e fizeram Jesus montar. À sua passagem, muitas pessoas estendiam seus mantos no caminho. Quando já se ia aproximando da descida do monte das Oliveiras, toda a multidão dos discípulos, tomada de alegria, começou a louvar a Deus em altas vozes, por todas as maravilhas que tinha visto. E dizia: Bendito o rei que vem em nome do Senhor! Paz no céu e glória no mais alto dos céus! Neste momento, alguns fariseus interpelaram a Jesus no meio da multidão: Mestre, repreende os teus discípulos. Ele respondeu: Digo-vos: se estes se calarem, clamarão as pedras! 


(Lucas 19,29-40)

Convento das Palmas
P.O.B. 186 - Betfagé 
91001 Jerusalém 

Tel.: 02-628.43.52 
Fax: 02-628.43.52

Horário de abertura do Santuário
verão (abril a setembro): 8.00-12.00; 14.00-17.00
Inverno (outubro a março): 8.00-12.00; 14.00-16.30