Na Gruta da Natividade Missa pelos Benfeitores da Terra Santa

Poucos dias antes do Natal, na quinta-feira, 10 de dezembro, Fr. Francesco Patton, Custódio da Terra Santa, junto com a comunidade franciscana de Belém, celebrou na Gruta da Natividade.

A missa no lugar do nascimento de Jesus hoje tem um objetivo específico: “Rezar pelos benfeitores da Terra Santa”.

Fr. FRANCESCO PATTON, ofm
Custódio da Terra Santa
"Aqui estamos no lugar onde a misericórdia de Deus se manifestou na face do menino Jesus, que leva em seu nome a missão de nos salvar de nossos pecados e de tudo aquilo que destrói e faz falhar a nossa vida."

A missa no lugar do nascimento de Jesus hoje tem um objetivo específico: “Rezar pelos benfeitores da Terra Santa”.

“As leituras que ouvimos são para nós de grande apoio e consolo, justamente neste momento difícil como o que vivemos. Revelam-nos que “o Senhor é misericordioso e grande em amor”, sublinhou o Custódio da Terra Santa.

Fr. FRANCESCO PATTON, ofm
Custódio da Terra Santa
"Devemos lembrar que aquela época era uma época globalmente muito difícil, então, quando pensamos no Natal como aconteceu na história, o Natal não foi um Natal poético, foi um Natal dramático. Também os pastores, os primeiros que vieram adorá-lo, eram pessoas humildes que trabalhavam durante a noite e que receberam a mensagem do anjo. Portanto, quando nós vivemos em um contexto difícil e cansativo, como o que estamos vivendo agora, estamos na situação ideal para entender que precisamos da salvação e para entender que aquele menino que vem, vem para trazer a salvação.

Fr. Francesco Patton confirmou que os frades da Custódia continuam presentes e rezam nos santuários, mesmo quando não há peregrinos, por todos os benfeitores da Terra Santa."

Fr. FRANCESCO PATTON, ofm
Custódio da Terra Santa
"A relação com os benfeitores é uma relação de proximidade mútua. Estamos perto dos benfeitores e eles estão perto de nós. Estamos próximos aos benfeitores orando por eles diariamente: os benfeitores estão no nosso propósito diário de oração. Neste momento em que não podem vir fisicamente como peregrinos - é o desejo de muitos benfeitores - procuramos ser “peregrinos no seu lugar” e transmitir-lhes o autêntico sentido da peregrinação aos Lugares Santos."

Fr. FRANCESCO PATTON, ofm
Custódio da Terra Santa
"Certamente precisamos que os benfeitores estejam próximos de nós, porque não há peregrinos há 10 meses e também em nível econômico estamos sem entrada de recursos há 10 meses; nós e os cristãos de nossas comunidades, especialmente aqui em Belém. Por isso, também nós sentimos a necessidade de que aqueles que podem e da forma como podem e segundo - como diz São Paulo - a medida do seu coração, estejam ao nosso lado, ajudando-nos e apoiando-nos também em nível econômico."

Como Frades da Custódia da Terra Santa, vos asseguramos uma constante e quotidiana oração e vos convidamos a fazer uma peregrinação espiritual. Vos convidamos a estar aqui com vosso coração e com o vosso espírito e a vos prepararem para celebrar o Natal através da oração e da leitura da Palavra de Deus.

 

Christian Media Center