A unidade dos cristãos. A história de frei Rami

Fr. RAMI ASAKHRIE, ofm
Pároco Latino de Belém
“Se você tem apenas uma maneira de amar, voccê é pobre. Mas quando você tem diversos modos: aí está a riqueza”.

Uma semana de oração por ano para celebrar a unidade dos cristãos. Buscar esta unidade é um compromisso que deve ser sempre válido, e na Terra Santa, em particular, se vive todos os dias.
Um exemplo é Fr. Rami, pároco latino de Belém. Nascido na Jordânia em uma família ortodoxa, ingressou na Ordem dos Frades Menores e foi ordenado sacerdote com o rito melquita.

Fr. RAMI ASAKHRIE, ofm
Pároco Latino de Belém
“Meu pai e minha mãe são ortodoxos. A escola latina com a igreja paroquial está localizada perto de casa. Lá eu estudei e lá e íamos à missa todos os domingos. Crescemos no nível da educação cristã, frequentando a Igreja latina, mas nossas datas comemorativas permaneceram ortodoxas”.

Educado com a mentalidade de “viver juntos”, sem diferenças. Uma abertura aos outros, que Fr. Rami também escolheu para sua ordenação sacerdotal

Fr. RAMI ASAKHRIE, ofm
Pároco Latino de Belém
“Escolhi a Igreja latina, mas sou ortodoxo. Por isso, quando chega o momento da ordenação sacerdotal, se tem a opção: passar definitivamente para o rito latino ou ser “bi-ritual”, escolhendo o rito mais próximo em nível católico . Então, como eu era grego-ortodoxo, escolhi o rito católico grego-melquita”.

O tema da última semana de oração foi a estrela que guia os Reis Magos até Belém. E na cidade do Natal, Fr. Rami conta histórias de unidade cotidiana

Fr. RAMI ASAKHRIE, ofm
Pároco Latino de Belém
"Vou contar uma bela história: Meus primos eram diáconos do novo Bispo ortodoxo de Belém, e por isso ele se sentia parte da família, apesar de ser ortodoxo. Algo histórico: convidei-o para almoçar no nosso convento e convidei o Bispo Armênio também que é meu amigo, todos almoçamos juntos e meus confrades ficaram surpresos. Me perguntaram: Como você fez isso? E eu disse: Para mim é normal, eles são como parentes".

Uma história pessoal com uma mensagem peculiar.

Fr. RAMI ASAKHRIE, ofm
Pároco Latino de Belém
"Deus não tem limites, ele é infinito em suas formas de expressar o amor e os homens também têm suas próprias maneiras de expressar o amor por Ele e pelos outros. É nisso que devemos nos concentrar: em não ver as diferenças uma coisa negativa, mas como uma verdadeira riqueza”!

 

Christian Media Center