“Raccontando la Bibbia”. O contributo do fr. Padre Manns ao Osservatore Romano recolhidos em um único livro

Fr. Francesco Patton , Custos of the Holy Land, and Andrea Monda, Director of L'Osservatore Romano
Fr. Francesco Patton , Custos of the Holy Land, and Andrea Monda, Director of L'Osservatore Romano

«O que os leitores tem nas mãos é um texto que dá razão ao amor do Padre Frédéric pela Palavra de Deus e também de sua capacidade de transmiti-la em uma linguagem atual». As palavras fr. Francesco Patton, Custódio da Terra Santa, resumindo de maneira exitosa e em poucas palavras o valor do novo contributo editorial que a Livraria Editrice Vaticana dedica a fr. Frédéric Manns, frei da Ordem dos Frades Menores, um dos mais importantes estudiosos do Novo Testamento no que diz respeito à relação entre judaísmo e cristianismo e docente de hermenêutica bíblica e exegese do Novo Testamento no Studium Biblicum Franciscanum de Jerusalém por mais de 40 anos.

“Raccontando la Bibbia. Sguardi su volti, tradizioni e vicende delle Scritture”

A apresentação do livro “Raccontando la Bibbia. Sguardi su volti, tradizioni e vicende delle Scritture”  (em tradução livre “Relatando a Bíblia: um olhar aos rostos, tradições e acontecimentos das Escrituras”disponível somente em língua italiana) ocorreu no dia 9 de dezembro, quase um ano após o falecimento de Fr. Manns no grande salão da Imaculada no Convento de São Salvador em Jerusalém e com a presença de um grande público, demonstração não somente de sua saudosa memória por parte dos irmãos freis e dos estudantes, mas sobretudo do quão apreciado ele era enquanto homem dedicado aos estudos e incansável anunciador da Palavra.

Durante muitos meses padre Frédéric Manns apresentava uma coluna semanal intitulada «I Racconti della domenica» (“Os Relatos do domingo”, tradução livre) no jornal L’Osservatore Romano. Apaixonado estudioso dos Midrash bíblicos (textos que atualizam a forma narrativa da Palavra de Deus) através das páginas do cotidiano da Santa Sé. Fr. Manns ofereceu uma série de histórias sobre personagens, símbolos e eventos bíblicos repropostos de forma atual e narrativa. Hoje, graças à feliz intuição de Andrea Monda, diretor do Osservatore Romano e Paolo Ruffini, prefeito do Dicastério de Comunicação da Santa Sé, estas contribuições foram reunidas em um único livro, uma pequena obra de teologia, que narra a riqueza sempre insaciável das Sagradas Escrituras, exaltada pelo biblista que por décadas ensinou e pregou na Terra Santa.

“Por meio deste livro, Fr. Manns nos deixa uma herança importante – continua fr. Francesco Patton – que estimula a continuar e aprofundar as raízes judaicas do cristianismo. Sob sua pena, os acontecimentos das Escrituras adquirem vida com pinceladas intensas e vivas graças ao profundo conhecimento que ele tinha da cultura judaica, declinado com seu sutil sentido de ironia e com seu estilo efervescente, brilhante, nunca previsível e ao mesmo tempo extremamente profundo. O seu sentido de dever de anunciar a Palavra realizava-se assim, por meio de um estilo narrativo, atualizando a palavra do Evangelho”. Estilo que foi amplamente apreciado também pelo Papa Francisco, que elogiou a sua coluna e contribuiu para sua continuidade no jornal.

O Patriarca Latino de Jerusalém, Sua Beatitude Pierbattista Pizzaballa, foi seu aluno no Convento da Flagelação: “De Padre Manns, recordo sua profunda paixão, eu diria quase que contagiosa. Entrar em seu mundo não era fácil: em seu estilo provocador, era capaz de deixar uma intuição aberta, incompreensível para nós jovens estudantes, mas este era o seu modo de estimular a pesquisa, o estudo aprofundado”.

“A Vida de Jesus – com comentários do Papa Francisco” de Andrea Tornielli

O mesmo estilo narrativo de Fr. Mans se encontra na nova publicação “A Vide de Jesus. Com comentários do Papa Francisco”. O autor, Andrea Tornielli, diretor editorial do Dicastério para a Comunicação da SANTA Sé, ilustrou a sua tentativa de narrar a vida de Jesus através dos Evangelhos reconstruindo, com a imaginação e com a ajuda dos estudos históricos mais confiáveis, tudo o que os evangelistas não escreveram. “Precisamos fazer o evangelho acontecer novamente, compreendendo que a mensagem de Jesus é o encontro com uma pessoa, - ressalta Andrea Tornielli – e que, como todo encontro, este é feito por meio de gestos e olhares. Foi uma experiência espiritual belíssima: ao compor este livro procurei me identificar com um cronista, colocando no centro a importância dos olhares de todos os personagens que preenchem o Evangelho. Procurei permitir aos leitores de captar estes olhares e, sobretudo, encontrar o olhar do Protagonista”. Entrelaçados na narração, os comentários e as reflexões do Papa Francisco acompanham cada episódio, que marca cronologicamente a vida de Jesus.

“É uma honra e uma graça estar aqui em Jerusalém para apresentar estes dois livros que interpretam hoje a linha do Dicastério – ressalta Paolo Ruffini – porque ambos testemunham o nosso modo de comunicar, exercendo uma nova criatividade e ao mesmo tempo tentando humildemente espalhar a semente da esperança e de amor que caracteriza o anúncio de Jesus, ocorrido nestes lugares”.

O evento foi concluído com a lembrança de Padre Manns através das palavras de seu amigo e irmão frei Cláudio Bottini, professor ordinário do Studium Biblicum Franciscanum, que partilhou com Manns mais de 50 anos de vida religiosa e acadêmica: frei Bottini introduziu as imagens do vídeo produzido pelo Christian Media Center, onde Manns, mais uma vez, declarava a sua profunda e indissolúvel união com as Escrituras.

Silvia Giuliano