A visita do Custódio à Hungria

De 11 a 14 de novembro, o Custódio da Terra Santa, Fr. Francesco Patton, foi em visita à Província franciscana na Hungria, a convite do Ministro provincial Fr. Benedek Dobszay e de Fr. Jakab Várnai, uma vez Visitador geral na Custódia.
Foi visita breve, mas intensa, que possibilitou encontrar-se seja com os jovens em formação, seja com um grupo de Frades da Província, seja com público mais amplo na sede do Estudo Teológico Intercongregacional “Sapientia”, em Budapest. A apresentação da História e da vida atual dos Frades da Custódia foi de interesse especial, através dos meios de comunicação, através de entrevistas dadas por Fr. Francesco, após vários encontros.

Especialmente importante foi a visita aos representantes do Governo húngaro (O Secretário de Estado para as questões religiosas, Miklós Soltész; depois, o Vice-Primeiro Ministro, Zsolt Semjén; e o Secretário de Estado, responsável pelas políticas para os cristãos perseguidos, Tristan Azbej). Durante esse encontro amadureceu a disponibilidade do Governo húngaro apoiar algumas obras de valor social e cultural, tais como o Museu da Terra Santa e completar a escola de Caná.
Enfim, o encontro com o Cardeal de Esztergom e Budapest, o Arcebispo Péter Erdő, sobre a realidade dos cristãos na Terra Santa foi ocasião para dialogar e confrontar-se sobre a realidade dos Cristãos na Terra Santa e Oriente Médio, a fim de ver quais formas a Igreja húngara pode exprimir a própria comunhão espiritual e a própria solidariedade material com os cristãos da Terra Santa e do Oriente Médio.