Fr. Ramzi Sidawi: “Ajudemo-nos no compromisso com a Coleta”

Fr. RAMZI SIDAWI, ofm
Ecônomo da Custódia da Terra Santa
"A Custódia da Terra Santa foi fundada há 800 anos por São Francisco de Assis. Seu propósito era e ainda é, guardar e preservar os Lugares Santos, onde Jesus Filho de Deus, encarnou, viveu e cumpriu os mistérios da salvação e da redenção. Os mesmos lugares onde também viveu sua Mãe, a Virgem Maria.

Há 800 anos e até hoje, a atuação dos Frades se estende por todo o Oriente Médio. Com humildade, com a pobreza e a simplicidade dos frades, a solidariedade é ainda hoje um dos nossos principais compromissos, especialmente para com os cristãos que vivem nesta Terra Santa.

Uma das principais fontes de sustento à missão da Custódia da Terra Santa é o dia dedicado pelo Papa à arrecadação de ofertas provenientes de todas as igrejas católicas do mundo a serem destinadas ao serviço da Terra Santa, arrecadação que se denomina “Coleta da Sexta-feira Santa.

Devido às difíceis condições de todo o mundo este ano, foi decidido adiar esta coleta para domingo, 13 de setembro. Esta coleta é a primeira e a mais importante fonte de sustento para os cristãos nesta Terra.

A coleta é utilizada para escolas e para manter os cristãos, criando oportunidades de trabalho e proporcionando-lhes um lar acolhedor. Desta forma, as pedras vivas são preservadas e os cristãos locais são ajudados a permanecer nesta Terra, a viver a sua fé com coragem. Os frades também trabalham para preservar os Lugares Santos onde Jesus encarnou e para permitir que todos os cristãos de todas as partes do mundo venham a esses lugares para orar e reavivar sua fé, e para serem abençoados pelas Pedras e pela Terra que Jesus Cristo tocou.

Espero que, como uma Igreja única, unida e solidária, ajudemo-nos uns aos outros neste compromisso. Peço a Deus que abençoe todos aqueles que amam e dão com alegria e paz.
Obrigado."

 

Christian Media Center