Celebrações dos 800 anos da visita de S. Francisco em Chipre

A Igreja do rito latino, em Chipre, festejou o aniversário dos 800 anos da Peregrinação de Paz de S. Francisco ao Oriente Médio, com uma série de eventos institucionais e de iniciativas colateriais, de 08 a 12 de maio, em Lárnaca, Nicosia, Limassol e Pafos. 

Se bem que não sejam encontradas fontes diretas, é muito provável que S. Francisco tenha aproado em Chipre, seja ida ou na volta, quando dirigiu-se a Damietta (onde aconteceu o famoso encontro com o Sultão do Egito, Melek el Kamel, em 1219), pois a ilha de Chipre era importante e frequente base de apoio para os navios a caminho da Terra Santa e do Egito. Os Frades Menores foram a Chipre desde os primórdios da Ordem e hoje a Custódia da Terra Santa tem o cuidado pastoral dos católicos de rito latino, encarregados pelo Patriarcado Latino de Jerusalém, ao qual pertence a ilha de Chipre. O convento da Santa Cruz em Nicosia é, além disso, a sede da Nunciatura apostólica, por isso o superior local é, ao mesmo tempo, Representante do Custódio da Terra Santa, Vigário patriarcal e Attaché do Núncio Apostólico. Assim também se sublinha o papel diplomático, além do eclesial, da Custódia da Terra Santa em Chipre. 

Esse aspecto teve seu momento celebrativo no dia 09 de maio, em Nicosia, no Palácio presidencial, numa noitada comemorativa, à qual foi convidado o corpo diplomático acreditado na República do Chipre e as autoriades religiosas, cristãs e muçulmanas. Na ausência do Presidente Nicos Anastasiades, ocupado no exterior numa cúpula europeia, o discurso de Boas-Vindas foi feito pelo Vice-Presidente da República e Presidente do Parlamento, Demetris Syllouris. 

Syllorius declarou-se “particularmente feliz por esse evento comemorativo no Palácio presidencial. Isso mostra precisamente nossos laços muito estreitos e fraternos com os Latinos de Chipre, que, como notei em outras ocasiões, constituem parte muito dinâmica e especial de nosso povo”. Referindo-se à situação política, no tempo da Quinta Cruzada, o Presidente substituto recordou a situação de conflito que a República do Chipre vive  atualmente em relaçao com a Turquia, recordando o impulso para a paz, o diálogo e a mútua compreeensão, inaugurada pelo encontro entre Francisco e o Sultão, uma necessidade também hoje.

No final de sua fala, o Presidente quis agradecer o trabalho do Representante da Comunidade latina no Parlamento e agradecer a Antonella Mantovani e ao Vigário patriarcal dos Latinos, o Padre Frei Jerzy Kraj, pela oraganização do evento. Entre os demais que tomaram da palavra, também o Custódio da Terra Santa, Fr. Francesco Patton e o Núncio Apostólico, Mons. Leopoldo Girelli.

Os discursos foram intervalados por momentos coreográficos e musicais aos cuidados dos alunos de St. Mary’s School de Limassol e do Terra Santa College de Nicosia. Durante a cerimonia, o Custódio da Terra Santa entregou alguns presentes a personalidades e representantes de Instituições, que se distinguiram por seu empenho para o diálogo e a paz e pela colaboração com a Igreja de rito latino em Chipre. Teve que ausentar-se por improvisos motivos familiares, o múfti de Chipre, Talip Atalay, que pediu ao Arcebispo maronita, Mons. Joseph Souaif, de retirar o reconhecimento em seu lugar: esse gesto foi interpretado como sinal de colaboração interreligiosa e boas relações.

Ao início da noitada, breve recordação histórica foi feita por Frei Noel Muscat, Professor do Studium Theologicum de Jerusalém, que, no dia seguinte, falaria de modo mais amplo numa conferência feita na Universidade de Chipre, na qual fez um relatório importante sobre as fontes de um efetivo encontro de S. Francisco com o Sultão o P. Jason Welle, do Pontifício Instituto de Estudos Árabes e do Islamismo. 

Na bagagem das iniciativas institucionais e acadêmicas, foram oferecido pelo Terra Sancta Organ Festival quatro obras ligadas à figura e à vida de S. Francisco e o organista italiano Ferruccio Bartoletti fez improviso,  à base do filme italiano “Fratello Sole”, com o texto do filme traduzido em Língua grega e inglesa.

Riccardo Ceriani
 

Pictures: Press and Information Office, Ministry of Interior, Republic of Cyprus - https://www.pio.gov.cy/en/gallery.html?galAlbum=1112