Bênção do altar da Igreja do Santuário do Arcanjo Gabriel no vilarejo despovoado de Al-Mujaydel

Num clima de alegria e serenidade, a Custódia da Terra Santa abençoou, após um ano de restauração, o altar da Igreja do Santuário do Arcanjo Gabriel, no vilarejo de Al-Mujaydel, perto de Nazaré, despovoado desde 1948. O Custódio do Terra Santa, Fr. Francesco Patton, presidiu a Missa Solene ao lado de outros sacerdotes, na presença dos fiéis, muitos deles pertencentes às famílias dos exilados do vilarejo..

Fr. FADI SHALLUFI, ofm
Guardião do Convento do Arcanjo Gabriel
"Fizemos o reboco das pedras de todo o antigo mosteiro e da igreja histórica. Arrumamos o novo altar do Arcanjo Gabriel e também o tabernáculo do Santíssimo Sacramento."

As restaurações incluíram também o revestimento da igreja, a renovação da fachada e a substituição da rede elétrica. O Guardião do convento, Fr. Shallufi, está preparando este lugar no meio da natureza para receber retiros espirituais.

Fr. Francesco Patton, Custódio da Terra Santa, referiu-se ao agradável ambiente que acompanhou a celebração, lembrando que Gabriel é o anjo da boa nova, foi ele quem anunciou à Virgem Maria que ela daria à luz Jesus, acrescentando como a celebração coincide com outras boas novas que os anjos transmitiram por ocasião da Santa Páscoa.

Fr. FRANCESCO PATTON, ofm
Custódio da Terra Santa
"Os anjos nos trouxeram neste período de pandemia, outra boa notícia, que nos dá esperança.
Todos nós, cristãos, sabemos que podemos encontrar esperança quando acolhemos Jesus, desde a Anunciação à Ressurreição. O dia de hoje também é muito significativo e importante com a festa da Divina Misericórdia."

No final da missa, o Custódio entregou a Sami Nassar, exilado do vilarejo, uma medalha e um certificado pela generosidade sua e de sua família para com a Igreja.

SAMI NASSAR
Exilado do Vilarejo de Al-Mujaydel
"Somos originalmente de Al-Mujaydel. Os habitantes foram exilados e transferidos para Nazaré. Temos um vínculo especial com esta Igreja porque ela fica no único pedaço de terra cristã que resta em Al-Mujaydel. Há também uma igreja grega ortodoxa, mas esta também foi abandonada."

Fr. FADI SHALLUFI, ofm
Guardião do Convento do Arcanjo Gabriel
"Nos vários lugares abandonados não mais habitados por cristãos, como Séforis ou Ain Karem, nós, frades franciscanos, estamos presentes e permanecemos como guardiães e zeladores dos lugares santos e das igrejas, incluindo Al-Mujaydel.
É nossa missão informar a comunidade cristã local que, aqui, eles podem rezar novamente, começando pelos habitantes originais de Al-Mujaydel. Desta forma, a Igreja, que é a Casa de Deus, e este mosteiro, podem repovoar e dar momentos de alegria a todos."

Após a missa, um momento de confraternização. Os sacerdotes acolheram as felicitações e saudaram os fiéis em clima de festa.

 

Christian Media Center