Carta de agradecimento ao Papa Francisco

Santo Padre,

O Senhor Lhe dê Sua paz!
Escrevo-Lhe estas poucas linhas a fim de exprimir-Lhe a profunda gratidão de todos os Frades da Custódia da Terra Santa, de nossos Comissários e minha pessoal por ter-se feito presente nas celebrações do sexto centenário da instituição dos Comissários da Terra Santa, no dia 14 de fevereiro de 1421, por obra do Papa Martinho V, de venerável memória, com a Mensagem autografada que nos enviou através de Sua Secretaria.

Ainda hoje o serviço dos Comissários da Terra Santa é precioso para nós e em tantos modos insubstituível: no tornar conhecida a Terra Santa e sua realidade, assim como a Custódia e seus inúmeros campos de serviço; em encorajar, organizar e acompanhar os grupos de peregrinos na visita aos Lugares Santos; no promover a anual “Collecta pro Terra Santa” e outras formas de sustento econômico à nossa Missão; e no favorecer as vocações a serviço da Terra Santa.

Na manhã do dia 15 de fevereiro de 2021, às 6h30min, na edícula do Santo Sepulcro, em Jerusalém, celebraremos solenemente a Eucaristia a fim de agradecer a Deus pelos seiscentos anos de serviço dos Comissários da Terra Santa e em memória de todos os benfeitores. Nesta ocasião, também hei de ler a mensagem autografada e enviada cortesmente por Sua Santidade e rezaremos de modo especial por Sua Santidade e Seu Ministério, para que o Senhor Ressuscitado torne fecunda Sua missão pela unidade e fraternidade entre os povos, entre os que creem, de várias religiões, entre os cristãos de várias confissões, entre as pessoas como indivíduos. É exatamente no Mistério Pascal que tem origem a fecundidade deste anúncio e este mistério.
Por isso Lhe agradecemos de coração por suas palavras de fortalecimento e encorajamento. Somos gratos pelo Seu apoio e Sua bênção. Agradecemos também por todo o apoio que nos dá através da Congregação para as Igrejas Orientais e Seu Prefeito, o Eminentíssimo Cardeal Leonardo Sandri 

E, ao exprimir-Lhe toda a nossa gratidão, desejamos manifestar ainda uma vez mais nosso afeto filial e nossa obediência, com nossos sentimentos mais devotos.

 

Fr. Francesco Patton, ofm,
Custódio da Terra Santa

Fr. Marco Carrara, ofm,
Secretário da Terra Santa